Este homem de 256 anos rompe o silêncio antes de sua morte… e revela um segredo INCRÍVEL


Desde o princípio da história, a humanidade dedicou grande quantidade de tempo a buscar o segredo da longevidade. O desejo de viver eternamente, ou ao menos mais do que o típico quase um século, fez muito pesquisadores e cientistas perderem o sono. Na realidade, demos um grande passo à frente com o desenvolvimento da medicina. Na Idade Média, você tinha sorte se fosse capaz de chegar aos 40. Atualmente, muitos vivem mais de 70 anos e alguns inclusive chegam aos 90 ou ultrapassam os 100 anos de idade.

Porém, isso ainda nos parece muito pouco e gostaríamos de viver até mais. Por isso, os cientistas estão tentando desenvolver as tecnologias de clonagem ou a implementação de elementos robóticos no corpo humano e muito, muito mais. Obviamente, a medicina segue avançando em busca de soluções para as questões de saúde do ser humano.

homem0

Talvez, um homem tenha conseguido encontrar o remédio para viver muito mais anos que qualquer ser humano e é possível que seja a pessoa com mais idade que já tenha habitado o planeta. Um dia ele decidiu compartilhar sua história com todo mundo e vamos apresentá-la aqui a vocês. Este homem se chama Li Ching Yuen. Segundo uma revista publicada no ano de 1930, esse homem era conhecido por haver vivido 256 anos! Em 1928, o professor Wu-Chung Chieh, da Universidade de Chengdu, encontrou documentos que felicitavam Li por seu aniversário de 150 anos, em 1827.

E mais! Encontrou também mais cumprimentos do ano de 1877 por completar 200 anos. Como se isso não fosse muito, os habitantes mais idosos de seu bairro admitiam que Li já era um homem idoso quando todos eles eram crianças. Será possível? Até agora, o recorde de longevidade estava nas mãos da francesa Jeanne Calment, que havia vivido 122 anos e 164 dias. Diz-se que Li nasceu em 1736, embora há relatos que afirmam que o ano seria 1677. Faleceu em 6 de maio de 1933, em Kai Xian Sichuan, na China.

A vida profissional de Li Ching Yuen começou quando tinha 10 anos, como herbalista. Por aproximadamente 40 anos, ocupou-se das plantas e das ervas, principalmente bagas de Goji, Lingzhi, ginseng silvestre, he shoo wu, gotu kola e vinho de arroz. São todas ervas características do extremo oriente. Alimentando-se desta maneira, conseguiu viver até 100 anos a mais. Aos 71 anos, em 1749, ele juntou-se ao exército chinês como instrutor de artes marciais e como conselheiro tático. Li era um membro muito querido de sua sociedade e, segundo várias pesquisas, havia contraído matrimônio 23 vezes, sendo pai de uns 200 filhos durante esse tempo.

Mas sabe o que é o mais impressionante de tudo? Provavelmente ele não tenha sido o homem vais velho que existiu! Um de seus discípulos afirmou que Li conheceu uma vez um homem que tinha 500 anos de idade e que lhe ensinou os exercícios de Qigong e uma dieta especial a base de ervas que podiam ajudar a prolongar a vida. Quando perguntaram a Li o que era preciso fazer para viver tantos anos, ele respondeu: “manter um coração tranquilo, sentar-se como uma tartaruga, andar rápido como uma pomba e dormir como um cachorro”. Acreditando nessa história ou não, seguramente é uma sabedoria muito importante.

Todos podemos aprender com ela! A única pergunta é: você sacrificaria tudo o que você tem agora e viver como ele viveu para sobreviver tantos anos? Se quiser, responda nos comentários e compartilhe essa impressionante história.


Adicionado em: 09 de julho de 2016









Posts Relacionados: