Este menino ficou cego por causa de um brinquedo que muitas pessoas têm em casa!


Alguns brinquedos parecem inofensivos e, quando viram moda, é difícil deixar de comprá-los para as crianças.

Houve um tempo, por exemplo, em que todo mundo tinha lasers.

Eles costumavam vir dentro de uma caixinha comprida com várias forminhas, cada uma capaz de projetar uma imagem diferente.

Também havia os que tinham formato de lapiseira, caneta ou até mesmo de borracha.

Em alguns lugares, a moda voltou e, por isso, precisamos falar deste brinquedo.

Uma criança ganhou um desses lasers e, inocentemente, apontou para os olhos.

Resultado: perdeu 75% da visão e o problema é irreversível.

O fato foi noticiado pela emissora australiana ABC.

cego0

O médico dele, Ben Armitage, afirmou que o adolescente apontou um laser diretamente para os olhos por alguns segundos, enquanto estava brincando.

E isso causou danos permanentes em ambos os olhos.

O resultado foi terrível: o menino agora tem problemas de visão e perdeu 75% de sua visão.

O laser é considerado seguro, mas ele pode causar problemas gravíssimos aos olhos.

Antigamente, a saída máxima era de 5mW, o que realmente não é perigoso para o globo ocular.

No entanto, os mais recentes, com formato de caneta, têm uma saída de 150 mW, que é arriscado.

Há lasers profissionais, utilizados por militares, estes são extremamente perigosos, mas os acidentes com eles são raros.

O problema é que apesar dos cuidados, os oftalmologistas dizem  que é muito fácil qualquer pessoa ter acesso a um dispositivo desses com até 700 mW pela internet.

Dificilmente uma pessoa consegue distinguir um laser seguro de um altamente perigoso.

Para você entender melhor, assim como as lâmpadas domésticas, os lasers são medidos em watts, mas esta é a única semelhança.

A luz de uma lâmpada é difusa e a de um feixe de laser é concentrada.

Simplificando, o efeito de um laser nos olhos pode ser até10.000 vezes mais intenso.

A luz  entra e vai direto para a fóvea, que é o centro da retina.

O pigmento mais escuro na fóvea absorve a luz, aumentando a temperatura da retina.

É preciso muita atenção: quando a luz penetra os olhos, os danos ocorrem tão rapidamente que não dá tempo de desviar o laser antes que isso aconteça.

As vítimas geralmente são crianças e adolescentes

Por isso é muito importante que elas sejam orientadas pelos adultos e responsáveis.

O “brinquedinho” está por aí, em todas as partes, vendido livremente.

E hoje com a internet todos podem adquiri-lo.

Alerte seus filhos!


Adicionado em: 07 de janeiro de 2017









Posts Relacionados: